quarta-feira, 25 de maio de 2016

Lições?!

Gosto de pensar na vida como uma lição,mas não uma simples lição!
Pois bem, a primeira lição da vida é: viva com desafios, mas nunca desista.


Tumblr


Acho que nunca vamos saber realmente todas as lições, mas sem nem percebermos aprendemos algo novo a cada segundo de nossas vidas, a cada palavra a cada explicação.
Gostando ou não, essas lições boas e ruins são para que possamos aprender que nem sempre as coisas são do jeito que a gente quer ou de como quer que elas fiquem...
  
As vezes pensamos em quanto a vida é cruel, e como ela pode ser irritante, mas sempre achamos um motivo para dizer "Valeu a Pena o esforço" ou "Bem que você disse" (essa frase parece que te deixa fraco, mas não deixa)
Sempre vai haver um lado negativo, mas antes de julgarmos alguma coisa ou desistir , devemos achar o lado positivo, acreditando ou não alguma hora todo esse nosso esforço vai valer a pena algum dia.

- A vida é feito de vários desafios, mas são com esses desafios que aprendemos a viver sem que cometemos os mesmos erros de sempre.

                        " Tudo é possível se corrermos atrás daquilo que queremos e do que acreditamos "

 

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Momento Resenha....

Como ja disse o post anterior, amo ler, e essa historia foi uma das primeiras que li em toda minha vida, foi a primeira série de livros que eu me apaixonei...
Antes de você ler e se apaixonar por essa história, tem uma coisa muito legal nisso tudo é o site dos livros, lá você pode ouvir a voz de Tristan, pode baixar walpapers, conhecer um pouco mais sobre os outros livros, além de ver como ficou lindo e relaxar ouvindo a música que para mim, tem tudo a ver com a história. E ainda mais, pode "encontrar o seu anjo".  Com a data do seu nascimento, você pode conhecer seu anjo. 
O meu anjo é  o Menadel, la fala um pouco mais sobre a característica deles. (Eu amei o meu, não poderia ser melhor)
Site para conferir isso é este aqui http://www.beijadaporumanjo.com.br

Beijada por um anjo.
Autora: Elizabeth Chandler

Editora: Novo Conceito 



A série é composta de 6 livros, quando eu peguei para ler eram apenas 3, porém a cada ano que passava a autora me deixava mais feliz e lançava outro, ate o triste dia que lançou o último... Mas pera, vamos focar aqui!!

Sinopse: Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy e Tristan foram feitos um para o outro. Eles discordavam apenas em um ponto: Tristan nunca acreditou em anjos. Ivy, por sua vez, fez dos anjos seus protetores nos momentos mais difíceis. E quando Ivy sente ter encontrado o amor de sua vida, um acidente muda o rumo desta história, fazendo com que Ivy questione a existência de algo que era certo em sua vida, os anjos. Uma linda história de amor interrompida cedo demais..

Só de ler essa pequena sinopse ja da vontade de lê-lo novamente hahaha Não sou muito de reler livros, porém esse foi um dos poucos que li 3 vezes haha'

Mas vamos logo ao que realmente interessa aqui, a resenha...
Mistério e romance


  Após o casamento da mãe, Ivy e seu irmão Philip têm que se mudar para a casa do padrasto, onde viverão uma nova realidade, com muitos mais "mimos" do que estão acostumados. Lá terão que conviver com Gregory, filho do novo marido de sua mãe, que é um personagem daqueles sobre o qual você não sabe o que pensar. Uma hora ele parece uma coisa, outra hora parece uma bem diferente. Em sua nova "vida", Ivy tem duas amigas muito especiais. Simpatizei com elas, a princípio, de verdade. Beth é quase perfeita, só não é porque não existe. Ela é "escritora", vive viajando em seus romances, sempre escrevendo por aí. E é o tipo de personagem que faz você pensar logo de cara: "eu sei que é alguém com uma boa personalidade e com um bom caráter". Já Suzanne é mais... Como posso dizer? Dada a romances curtos e à vaidade? Ou seja, tem um estilo ousado e gosta da ideia de ter um monte de garotos babando por ela. Devo confessar que no início isso não me agradou muito nela. Mas sabe aquela história das diferenças? De que a amizade não importa muito de quem você é, mas sim da sua atitude em relação ao amigo, ao seu próprio caráter? Então... Acabou que me deixei levar um pouco por isso.
O irmão mais novo de Ivy, Philip é um doce. Tem papel importante na história, e em alguns momentos se destaca um pouco mais que os outros personagens. Achei Ivy um pouco sem... Não sei dizer, não digo sem sal, mas... É como se ela não fosse "marcante" às vezes. A narrativa da autora é em terceira pessoa, mas nos permite saber um pouco do que Ivy pensa, e ainda assim eu não consigo ver pensamentos muito originais, sabe? Já a mãe e o padrasto de Ivy não são muito presentes na história. Andrel sempre quer cobrir os filhos de presentes caros, no entanto não tem muito tempo para todos. Você não vê aquela relação afetiva de pai e filho dele com Gregory, nem algo tão especial com Ivy e Philip. A mãe de Ivy também não aparece muito na história, e percebemos que elas não são tão próximas. Não tem aquela amizade de mãe e filha fortalecida, sabe? Tem carinho e atenção, é claro, mas não há "aquela amizade". Além disso há outros personagens do colégio de Ivy que não são tão importantes neste primeiro livro.
Algo que me agradou muito foi a fé de Ivy nos anjos. Sempre que ela precisava de algo, rezava para eles, pedindo ajuda. Isso porque uma vez, quando era criança, caiu na piscina, e foi retirada, segundo ela, por um anjo. Ao crescer, leva o medo da água consigo, e a fé nos anjos. Por ter essa fé tão grande neles, ela começou a colecionar estátuas pequenas dos mesmos. Achei uma crença muito interessante para abortar na história, pois normalmente em livros que o foco são anjos, a vida deles é mencionada, diferente do que a autora fez . A invenção dela é bastante original para mim, e depois percebemos que ela dá uma boa mexida no conceito geral de anjo.
Falando em medo da água, vamos começar a falar de Tristan. Adorei ele. Achei que foi um personagem bem construído, carismático, e claro, charmoso. Tudo começa com a insistência das amigas de Ivy, sobre a possibilidade de ele olhar "demais" para ela. E pouco a pouco, eles acabam se aproximando. Adoro as cenas em que ela a ensina a nadar. E o modo como nos envolvemos na história, sendo levados a sentir o "clima" que rola entre eles. É o tipo de livro que consegue fazer com que você fique ansioso para saber sempre mais, e ao mesmo tempo tranquilo com a leitura. Te dá aquela sensação de preenchimento, de satisfação a cada palavra, a cada mistério que surge e a cada ponta de amor. Tristan é maravilhoso. É um ótimo nadador no colégio, e consequentemente, popular. Mas ele se mostra muito mais do que aparência. Ele tem carisma, tem sentimentos, e sabe como fazer com que tanto a Ivy como o leitor se sintam à vontade. Apesar de não acreditar em anjos, e achar esse aspecto de Ivy um pouco estranho.

"Nunca imaginei que o banco de trás de um carro pudesse ser romântico - disse Ivy, reclinando-se, sorrindo para Tristan. Em seguida, olhou para a bagunça que estava no chão do carro. - Talvez fosse melhor você tirar a sua gravata de dentro do copo do Burger King."

 Algo que não ficou muito legal foi a mistura das cenas. Em alguns momentos, parece que a autora "salta" de uma para outra. Sem espaços. Não sei se foi dela, ou se foi erro de diagramação. Não é algo que interfira na leitura, mas dá aquele sustinho de "opa! interrompeu, agora é outra parte e eu nem tinha percebido". A escrita da autora consegue ser leve e ao mesmo tempo carregada de mistérios. Neste primeiro livro, nem vemos a princípio tanto suspense, mas nos outros... Prepare-se para não largar mais! Este também te prende, te dá aquele gostinho de "quero mais". Por isso até que o recomendei numa tag de incentivo à leitura que recebi. Além disso, o livro já termina com um toque de suspense irresistível que te obriga a ler o próximo. E acreditem, ler o próximo vale muito a pena. 

“ - Você não precisa correr – disse Ivy. - Não estou mais com fome.

- Eu matei sua fome?
Ela balançou a cabeça negativamente.
- Acho que me alimentei de felicidade – respondeu suavemente.”


Bom, eu acho que é isso, eu espero realmente que você tenha gostado, pois foi escrito pensando em você!
Deixa nos comentários o que achou... Logo mais volto com os outros, quem sabe ne?! haha
Beijos estrelados! ;*

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Livro "Misterioso"


Abro meu livro e histórias saem sem nem mesmo eu conseguir guarda-las;

Nesse livro há uma coisa diferente, pois em cada pessoa se abre uma história diferente, há todos os tipos: ação, romance e drama.
Neste livro há um segredo, mas não simples segredo, é um segredo que jamais pode ser descoberto sem que a "dona" permita...
Posso te dizer que não é um livro com final, pois cada dia abre uma pagina diferente.

Você deve estar se perguntando: Um livro que tem mágica? Isso não existe, e quanta bobagem!

Não é um livro simples, e não contem mágica algum,  é um livro que todos tem, é um livro que compartilha consigo mesma emoções de tristeza, alegria e sentimentos tudo misturado.
 Você pode imaginar o livro do seu jeito, com uma capa brilhante, com uma capa simples, o livro é todinho seu! Esse livro  esconde  o seus segredos obscuros até os mais bonitos.
Há apenas uma única regra: Tomar cuidado com que tu compartilha-las...

Se você estiver curiosa para saber qual é esse tal livro, pense e reflita.
Esse livro anda com você o tempo todo, e tem um nome bem... como posso dizer!?...é um nome pequeno, mas há muito mais que um simples título.

Esse livro faz muito sentido mas ao mesmo tempo é confuso, ele pode ser interpretado de várias maneiras;

O tão famoso livro se chama V.I.D.A, faz sentido agora, não é mesmo!? 
Se sinta livre para escrever sua história, não deixe que os outros escreva ela por você, escreva ela do jeito mais maluco e importante, escreva seu próprio roteiro ou apenas deixe que a vida te leve.

Mas nunca se esqueça ele é apenas seu, e ninguém pode destrui-lo.


By: Lindicey Azevedo.



terça-feira, 15 de setembro de 2015

Explosão...


Imagem: Tumblr
Imagem: Tumblr

 Sinto como se fosse explodir a qualquer momento...
Me sinto uma caixa cheio de problemas, mas problemas bobos... Tenho vontade de sair correndo, sinto como se eu não vou dar conta daquilo, me sinto pressionada por mim mesma,coisas que ninguém se preocupa eu me preocupo.
Tenho vontade de gritar e sair correndo de qualquer coisa,mas apenas o que eu faço é me segurar, me sinto uma bomba relógio que vai  explodir a qualquer momento e a qualquer hora, e eu tenho medo dessa explosão pois não sei o que vai acontecer.
São tantas coisas guardadas dentro de mim, que não sei o que fazer, não consigo pensar em algo sem ter vontade de chorar. Sei que é tudo coisa da minha cabeça, sei que isso vai passar, algum dia, eu espero...Pois tenho amigos que podem me ajudar, e sei que eu nunca vou ser perfeita, sei que tenho erros e sonhos a ser acertados e reconstruidos.
Não estou só, e nem você!

A sua vida está só começando, não desista daquilo que é seu, ou o que você sonha, você tem direito de ser feliz independente de como vai ser.


Uma garota tentando entender o mundo!

By: Lindicey Azevedo.


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Passado e lembranças.


Ninguém poderá mudar o passado...

Se mudássemos algo do passado, será que tudo iria ser diferente?!
Será que seriamos a pessoa que somos hoje?!
Será que nossos atos de antes, são importantes para o futuro?!


Se eu pudesse voltar no passado, eu não mudaria quase nada, na verdade eu iria parar no tempo em que todos estivessem felizes, eu pararia no momento em que todos esqueceram de seus problemas, para viver aquele momento único.
Eu pararia, observava, e imaginaria como seria se fosse assim no futuro...Será que seria daquele jeito para sempre?


  Hoje com tantas coisas a se fazer, não temos tempo nem para pensar, nem para relembrar das coisas boas. Eu sei que devemos apenas pensar no futuro, mas lembranças existem para ser lembradas e não para ser esquecidas. Apenas pare um único momento e reflita, não deixe que suas lembranças sejam esquecidas, pois elas valem mais do que qualquer dinheiro no mundo.

By: Lindicey de Azevedo.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Ficou no Passado!

Paro e penso no passado...
Lembro das coisas que me faziam rir, lembro de quando eu ficava triste por qualquer coisa, lembro de como as coisas eram fáceis, lembro que qualquer problema era uma coisa importante.
Me lembro de como as pessoas eram unidas!



  Se algumas pessoas percebessem o que  eles estão fazendo agora, se dariam conta de que eles mesmo estão fazendo as suas próprias besteiras sem nem perceber.

Brigas? ficou no passado.

 O que aconteceu no passado, ficou no passado. Anda bola para frente!
Faça o que você gostaria de ter feito melhor, agora é o momento!!!

 Lembre-se nada é impossível se você correr atrás daquilo que realmente você quer fazer. Acredite em si mesmo, pensamentos positivos!Nunca desista!


Seja o que for, eu estarei sempre aqui para dar apoio :)


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Pequenos versos...


Olho para o meu diário e penso: o que devo escrever hoje? Como eu estou hoje?

   Anda coloque para fora tudo que está sentido, ou tudo o que você gostaria de dizer!

Gostaria de dizer que eu não sou um boneco que a onde você for eu também vou, gostaria de dizer que eu também tenho sentimentos!. 
    Sei o que você passa ou pelo menos tento imaginar, quero ajuda-lo, apenas não sei como.
 Tenho um ursinho de pelúcia que sabe todos os meus segredos, e todos os meus sentimentos, ele sabe de tudo, é bobo falar com um urso não é?! Mas acredite ele é a melhor pessoa em que eu posso confiar no momento.

Coloco minha playlist favorita no meu celular, e cada musica me traz uma lembrança boa. Deito em minha cama aperto meu ursinho e penso em tudo, no meu futuro e no meu passado.
 Tento esquecer dos meus pequenos problemas de adolescente, abro meu diário, e apenas o que eu escrevo é um verso que me vem a cabeça:

Sonhos e lembranças...
Sonhos são como pequenas manchas que esquecemos , lembranças são visões no qual nunca nos esquecemos!

As vezes pequenas palavras, ou pequenos versos, querem nos dizer algo, e esse algo é o que não conseguimos descrever o que realmente são.


                                                                       Uma garota tentando entender o Mundo!

                                                                                            By: Lindicey Azevedo